Patrão, Valdir Veloso, por ocasião de sua posse no CTG Sentinelas do...

Patrão, Valdir Veloso, por ocasião de sua posse no CTG Sentinelas do Caaró – Caibaté – RS

0 20

Sempre em honra a nosso Deus
Esta é mais uma missão
Abraçamos a tradição
E nos entregamos com fé
Aqui no meu Caibaté
Que me adotou como filho
Eu repito em estribilho
Gratidão pela confiança
Porque a generosa lembrança
Me enaltece em tanto brilho.

Bendizemos os três mártires
Sem apegos a minúcias
Salve a nossa SANTA LÚCIA
Na Claridade de caminhos
O tempo é o nosso alinho
E ele é o senhor da razão
Tudo é entregue ao coração
Desconhecemos outra forma
E adotamos como norma
Força, Luz e Proteção.

Saudamos as autoridades
Sem forma protocolar
Porque vamos nos irmanar
Na igualdade da empreitada
Sozinhos, não somos nada
E eu peço a Deus ombros fortes
Para aguentar o suporte
E nesta cadeia de união
Fazemos elos das mãos
Na base que nos conforte.

Nós vivemos o presente
Embasados no passado
Na lembrança de legados
Concretos de corpo e alma
E é isso que nos acalma
E guiando, nos energiza
Porque o chão que a gente pisa
É Bento por natureza
E é daqui que vem a certeza
De que um sonho se realiza.

Conclamo darmos as mãos
Desde o CAPATAZ GERAL
A união é primordial
E é assim que se faz
E junto ao SOTA CAPATAZ
E o AGREGADO FIEL
Todos cumprindo um papel
E é isso que nos iguala
Quando o AGREGADO DAS FALAS
E perfeito igual cinzel.

As INVERNADAS ARTÍSTICAS
ESPORTE E CULTURAL
São artes de cunho social
Nesta terra missioneira
Mais a INVERNADA CAMPEIRA
E a INVERNADA DO CHURRASCO
Ninguém aqui fará fiasco
Todos somos solidários
Seguimos o itinerário
Em terra firme e penhasco.

Ressaltamos os PATRÕES DE HONRA
E o CONSELHO DE VAQUEANOS
Nós não somos soberanos
Mas sim, eternos aprendizes
E aqui as bases, as raízes
Sempre serão consultadas
Porque são vozes abalizadas
DO SENTINELAS DO CAARÓ
E apagam qualquer pó
De maneira mais respeitada.

E felizes relembramos
SEIS DE AGOSTO DE MIL NOVECENTOS E SESSENTA E SETE.
A história hoje se repete
Já se vão CINQUENTA E DOIS ANOS
Recordamos os mesmos planos
Aonde só existia um terreno
Mas ninguém pensava pequeno
E o “presente” assim se expande
Ao ver o SENTINELA DO RIO GRANDE
Com um novo projeto bueno.

O SENTINELA DO CAARÓ
É o guardião Riograndense da Cultura
E a nossa essência é tãopura
Mas nobre, em ser Sentinela
Poruqe aqui se revela
Arte, misticismo e história.
Uma fé em honra e glória
Orgulho destas Missões
Que enriquece gerações
Em anos luz de trajetórias.

E ali na SERRINHA DO URUBUCARÚ
Viveu o meu bisavô ORTÊNCIO
Que no seu eterno silêncio
Percorre nas minhas veias
E este sangue me rodeia
Porque aqui estou enraizado
É um pedado do passado
Que me energiza para a frente
Sendo humano e transparente
Sempre que for precisado.

Parabéns a todos os Pais
Nesta data consagrada
O Pai das mãos calejadas
E o Pai que usa a tecnologia
É o mesmo abrigo da cria
Porque ser Pai é um esteio
É o Sinuelo de um rodeio
Que ensina abrindo caminhos
E asa vezes a mãe, “é um Pai sozinho”
Apoiada em nosso meio.

Finalisando a mensagem
Eu e a Cláudia agradecemos
Por tudo o que aqui vivemos
O SENTINELA é uma família
Uma constelação que brilha
Aonde o respeito impera
O presente, e outras eras
São notas de uma harmonia
Cadenciadas dia a dia
Que o tempo não destempera.

ARTIGOS SIMILARES

0 26

0 31

SEM COMENTÁRIOS

Deixar uma resposta