Prefeitura Municipal de Mato Queimado

Prefeitura Municipal de Mato Queimado

0 1180

Mato Queimado faz parte dos municípios visitados e cobertos pelo jornal Liberdade.
Próximo a cidade de Caibaté, essencialmente agrícola, o município em quase sua totalidade, tem sua economia baseada na pequena propriedade, sendo que o número de produtores com área superior a 100 hectares de terras, é muito, mas muito pequeno.
Um dos poucos municípios de repetem o Consenso, nas eleições, tem sua antropologia altamente formada por imigrantes alemães e italianos e apresenta um alto grau de desenvolvimento e de uma sociedade dividida: A parte mais antiga, conformada e passiva ante as disponibilidades locais; Os mais jovens, insatisfeitos, por terem que se deslocarem para regiões distantes em busca de oportunidades de trabalho e de maior participação na vida política do município.
O município guarda em seu seio, uma infinidade de riquezas, humanas, ricas histórias de lutas e sucesso, de um povo que acredita e investe na força da união e a preservação e culto dos bons valores, também pesam em prol do que é hoje o rico e pujante município de Mato Queimado.

Escola Estadual de Ensino Médio Santo Estanislau

Autores: Luiz Eduardo Welter, Lenise Thomas Schneider, Andriéle Ely Birck e Sabrina Heck
Série: 2º ano
Professora Orientadora: Marli Rogéria da Rosa
Disciplina: Língua Portuguesa

Poesia: Rio Grande no peito

Rio Grande no peito

Milhares de guerreiros unidos
Levam o Rio Grande no peito e a lança na mão
Galopavam em seus potros, ao encontro do inimigo
Tendo a bandeira farroupilha como orgulho deste chão.

Os gritos de piedades alcançavam o céu,
A poeira alastrava-se pelas coxilhas
Atingindo os mais vastos verdes dos campos
Banhados pelo sangue dos farroupilhas.

O som do trotear de cavalos
Avisavam que Rio Grande ainda estava em guerra
Com apoio de Bento Gonçalves e Davi Canabarro,
Defendiam esta nossa terra.

O potro galopava sozinho
Em direção ao seu irmão,
Tínhamos perdidos muitos homens
Mas ainda nos restava o desejo de uma nova nação.

Foram 10 anos de guerra lutando por este pampa!
Gritos de liberdade soavam no mais longínquo rincão
Hoje perpetuamos a história desses bravos peleadores
Que nos legaram uma rica tradição
Churrasco, dança, música e chimarrão
São culturas que levamos em nosso coração.

SEM COMENTÁRIOS

Deixar uma resposta