TSE não aprova ataques em horário de propaganda eleitoral gratuíta

TSE não aprova ataques em horário de propaganda eleitoral gratuíta

0 463

Tribunal Superior Eleitoral decidiu que horário de propaganda política gratuita, deve ser usada para debater propostas, não para atacar adversários.

A decisão ocorreu em um julgamento a pedido da coligação de Aécio Neves à Presidência, para que fosse suspensa (15 de Outubro)  propaganda em rádio de seu adversário, Dilma Roussef, contra a sua pessoa e foi atendido.
O TSE poderia adotar esta decisão e coibir os ataques de ambos os candidatos, até para não privar à população desta oportunidade única de conhecer o que pretendem e como fazer pelo Brasil. a propaganda, relata o juiz Toffoli, deve ser ‘propositivo e programático’.

SEM COMENTÁRIOS

Deixar uma resposta