LOJ explica

Veja, o ser humano, logo após ao nascer, naturalmente classificado entre os animais dependentes pois, não sobrevivem sem os cuidados de outrem, passa a receber mensagens do mundo exterior através de códigos.Geralmente no início, de sua mãe, de seus pais, família, circulo de amigos, curiosos e amorosos..

Você também sabia que logo que nascemos, somos “enquadrados” – ou, o que Marx chamou de bitolado -, uma vez que começa a nos ser ensinado regras de comportamento – o que segundo alguns -, começaria a nos privar de tomarmos as decisões por conta própria (até pela nossa ainda limitação), de exercermos nosso ‘livre arbítrio’.

A medida que a nossa “educação” vai acontecendo, vamos nos vinculando a uma série de regras, conhecidas como “regras sociais” onde então, passamos a nos enquadrar também como “civilizados”. Ou seja, animal capaz de viver e conviver em sociedade.

Evoluímos a tal ponto, nesta espécie de senda, bitolada (pois cada vez mais seguimos regras que já foram ‘escritas’) que, caso alguém ousar postar, desenhar, escrever, mostrar,…. uma vírgula sequer fora da “normalidade”, um lote de bitolados, idiotizado, aculturados como tal, puritanos do sistema, “te pulam em cima” procurando te atrair para o enquadramento, pode?

Pior, este mar de idiotas, por vezes, estão tão contaminados que não beiram mas adentraram em uma espécie de fanatismo tamanho que chegam a se arrolar, “defensores do futurismo” ou, uma espécie de “representantes de uma utopia realizável e generosa”, mas que nunca se realizou que não em suas ‘cabeças-lavadas’.

Portanto, brincar com a pluralidade, exercitá-la, desde que não desconstrua a meio ambiente em que vivemos, é válido, sempre.

SEM COMENTÁRIOS

Deixar uma resposta